“Existem os fortes, os fracos e os sábios. Fortes são aqueles que aguentam de tudo sozinhos, todas as decepções, as mágoas são reprimidas ao extremo, aos poucos conseguem cristalizar seus corações e se denominarem indestrutíveis, pessoas sem sentimentos após tanta dor que sentiram por conta da Vida; os fracos já são os que não suportam muita coisa, já cansaram de sofrer e hoje não creem em nada, se isolam e choram; os sábios são os que aprenderam a viver com a dor constante, aqueles que se abalam, porém logo se reerguem, sempre andam com sorriso estampado e de bom humor, sabem que se forem decepcionados mais uma vez será apenas mais uma vez de tantas outras, só mais um obstáculo, mais uma chance de mostrar que sabem lidar com a Vida. Entretanto não somos constantes, os fortes são fracos, os fracos são fortes e os sábios são ignorantes, aqueles que antes eram fortes não sabem que segurar as lágrimas os tornam fracos por não saberem expor seus sentimentos, os julgados fracos se mostram fortes por exporem seus sentimentos e manejá-los como bem entender, e por fim, os que se autointitulam sábios são ignorantes por não crerem que a Vida é algo que muda a cada segundo, cada escolha que fazemos resulta em inúmeras outras, até o dia em que todas resumem em morte, a única certeza.”
“Aproveitar o presente sem pensar no futuro e temer o passado, aprender com os erros, brigas e perdas, chorar como se não houvesse amanhã, rir até doer cada músculo, amar cada segundo do dia, fazer novas amizades, se arrepender, se desculpar. Viver a vida como bem entender sem se preocupar com opiniões, errar sem temer nada.”
“Não somos e nunca seremos alguém sem amor próprio, acima de tudo temos que nos amar independente do quão diferente somos, do quão somos julgados, quem não se ama não sabe reconhecer o amor de outro, é fraco, não entendi o sentido da vida, é mal humorado e só quer ser sozinho. Se ame, ame a vida, aprenda a amar o outro.”
“Culpamos sempre o coração por nos iludir pelos outros, amores falsos que sabemos nunca ter futuro, mas que de certa forma acalma, fazemos com que tenha algum sentido, mesmo que apenas para nós e vamos à procura de sua realização já preparados para o pior e nos surpreendemos caso dê certo, raramente. Não é algo totalmente ruim, têm suas vantagens, poucas, e nem sempre entendidas, ela nos protege de algo que pode vir a ser muito doloroso, se iludir às vezes faz bem.”
“Muitos reclamam que a dor é uma das piores coisas que se pode sentir, tanto a dor física quanto a sentimental, mas sem dúvida essa é a que mais machuca, chegamos a fazer coisas que nunca imaginamos fazer, passamos dos limites que achamos ter por conta da raiva. Raiva por estar sentindo dor, não poder fazer nada a não ser esquecer o mais rápido possível que nunca é rápido. Temos de aprender a manipulá-la para nosso próprio bem, caso contrário será nossa destruição.”
“Sei que ainda estamos na metade do caminho, tivemos poucos instantes como um casal, algumas lembranças, muitos sonhos, pouquíssimas realizações e extrema esperança, sei que você é quem pode me levar para um mundo jamais sonhado antes, te quero como jamais quis algo. Quero ter a certeza de que nunca te perderei, sempre estará ao meu lado, sempre será a melhor parte da minha vida. Quero a certeza de que o Amor ainda é puro e somos a prova disso.”
“Conforme vamos crescendo a inocência vai se perdendo, aquela vida de cuidados não existe mais, a verdadeira Vida começa a bater na porta e nada podemos fazer, apenas aceitar as mudanças e nos acostumarmos para não sermos deixados para trás.”
“Amar é uma fraqueza humana, um jogo de espertos dispostos a perderem tudo, até mesmo o inimaginável. Qual o motivo de ser uma fraqueza sendo que nós, jogadores, não somos fracos? Porque perder tudo depois de tanta batalha para conquistar? Sem dúvida sem perguntas sem respostas entendíveis pela razão, muito menos pelo sentimento.”
“Aqueles dias de raiva que tudo o que queremos é destruir tudo pela nossa frente, matar o primeiro que abrir a boca, mandar o resto pro inferno, se trancar no quarto e dormir pra tentar melhorar quando na verdade não adianta nada, nada pode amenizar a raiva, nem mesmo um banho, apenas o tempo que a leva ao seu decorrer.”
“Chegará um dia que escolheremos uma única pessoa para ser nossa confidente, nos conhecer completamente, saber dos erros, do passado, estar no presente e permanecer no futuro. Definitivamente a única pessoa no mundo que vai poder te controlar e isso não vai te afetar em nada, porque afinal vai amá-la como nunca amou ninguém, vai querer que continue tomando conta de você e vai querer continuar sendo seu bebê até o último dia.”